A teia e a Trama

A teia


O rastro do dinheiro que permeia as relações entre as empresas privadas envolvidas na Lava Jato e o poder público formam uma teia que sustenta a trama da crise política brasileira:

*A base de dados da Teia está disponível aqui.

Guia de leitura


Organizamos algumas das informações que a Teia expõe em um guia para facilitar a leitura de tantos dados:


Linha

* Alguns valores foram alterados para facilitar a visualização e interpretação dos dados. Para acessar as informações e fontes detalhadas dos infográficos, clique aqui. O Guia de Leitura também está disponível em PDF para download, aqui.


A trama


A prisão de Marcelo Odebrecht, herdeiro do grupo homônimo de construção e engenharia, pela operação Lava Jato em junho de 2015, foi recebida com entusiasmo e surpresa por boa parte da sociedade brasileira. Pensava-se que o fato de o rosto símbolo da economia nacional ser alvo da operação seria a garantia de uma justiça que não reforça privilégios. Entretanto, dois anos depois, em meio a um contexto de forte polarização política e politização do judiciário, parte do entusiasmo deu lugar a sensação de que testemunhamos o desmantelamento das instituições democráticas.

É inegável que a operação Lava Jato, iniciada em 2014, ganhou a centralidade da pauta sobre o Brasil ao expor cotidianamente grandes escândalos de corrupção. Muito daquilo que parte da sociedade brasileira já sabia sobre a articulação íntima e constitutiva entre o setor privado e a política nacional ganhou as capas de jornais. Mas se queremos combater a corrupção, é fundamental entendê-la: há uma teia de relações por trás das instituições, públicas e privadas, que precisa ser compreendida e rompida. Em a Teia e a Trama, a Fundação Cidadania Inteligente expõe que a corrupção não é só uma questão moral, ela evidencia os defeitos estruturais do sistema político brasileiro.


Na Teia, ao escolher seguir o rastro do dinheiro e das relações que materializam essas passagens, no contexto da operação Lava Jato, nos deparamos com o papel central das grandes empresas nacionais na crise política institucional. Para isso, basta olhar para os altos valores e a abrangência de partidos que tiveram suas campanhas financiadas por empresas envolvidas nas denúncias da Lava Jato e como estas mesmas empresas foram diretamente beneficiadas por altos financiamentos públicos e favorecimento em contratos com o Estado. Cada relação estabelecida parece aumentar a sensação de que trata-se de um sistema político cuja dinâmica é moldada para garantir os interesses das grandes empresas e falha na promoção do bem comum e na representação da cidadã e do cidadão brasileiro.


É necessário entender o esquema protagonizado pelas grandes empresas, partidos políticos, setores da administração pública e operadores financeiros enredados na Lava Jato. O momento pede uma ação reformadora do sistema político brasileiro em defesa dos agentes e mecanismos que garantem a democracia. Para essa tarefa a Fundação Cidadania Inteligente reforça o seu compromisso com a qualificação do debate sobre a política. Acreditamos que quem tende a acertar na tática, é quem compreende melhor a realidade. Esperamos que entender a Teia e a Trama nos ajude a pensar em saídas para crise política brasileira.


Para entender melhor como a Teia e a Trama foram pensadas e desenvolvidas, confira a nota metodológica. Todos os dados e fontes também estão disponíveis aqui.

Linha do tempo


Essa Trama se desenrola em uma linha do tempo que você pode conferir abaixo, com os principais eventos relacionadas às grandes empresas nacionais envolvidas na operação Lava Jato. Tem como ponto de partida o ano de 2009, com o início de uma investigação sobre uma rede de doleiros ligada a Alberto Youssef, até os últimos meses, com a homologação de várias delações e acordos de leniência. É possível conferir as fontes das informações utilizadas aqui.


Linha

Sobre nós


Fundada em 2009 no Chile, a missão da Fundação Cidadania Inteligente é fortalecer a democracia e reduzir a desigualdade social na América Latina, promovendo a transparência e participação cidadã através do uso inovador de tecnologias de informação.


Trabalhamos com a visão de transferir poder de desde os poucos para todas as pessoas, toda vez que o poder político e econômico se concentre de forma de maneira artificial. Para isso, usamos a transparência, as tecnologias da informação e a participação coletiva como ferramentas de mudança. Já realizamos projetos na Bolivia, Colombia, Equador, Peru e Nicarágua, e agora chegamos ao Brasil, abrindo nosso primeiro escritório fora do Chile.


Somos uma organização laica, defensora da diversidade política, cultural, social, étnica, racial, religiosa, de gênero e sexual. Buscamos alcançar uma sociedade justa e inclusiva, na qual todas as cidadãs e cidadãos tenham os mesmos direitos e oportunidades.


Se quiser colaborar com o projeto ou a Fundação, tiver qualquer dúvida ou recomendação, não hesite em nos escrever em [email protected] :-)